Newsletter Facebook

Publicado em:
22
11/2017

Como degustar a comida japonesa de acordo com a tradição da cultura

Mergulhar o niguiri no molho shoyu ou tomar sopa de missô com colher são alguns dos exemplos que devem ser evitados.

A comida japonesa se tornou uma das prediletas de muitos brasileiros. Apesar do aumento do consumo é comum encontrar quem ainda não conheça a “forma correta” de comer determinados pratos típicos da culinária.

Para evitar alguns deslizes, a revista Vip preparou um lista com os maiores erros relatados à britânica Independent por chefs japoneses renomados. Conheça algumas regrinhas básicas para não mergulhar o niguiri no molho shoyu ou tomar sopa de missô com colher. E lembre-se: jamais servir o próprio sakê.

1. Mergulhar niguiri no shoyu: o excesso do molho pode mascarar o gosto da iguaria. O correto é utilizar uma espécie de pincel para umedecer o peixe ao invés de embebedar o arroz.

2. Comer o gengibre junto com o sushi: apesar de bastante saborosa, a especiaria tem uma função importante na gastronomia japonesa: ela ajuda a limpar o paladar entre um sushi e outro para não comprometer o seu paladar. Assim como o gengibre, o nabo (daikon) e o shiso também contribuem com a boa digestão.

3. Saborear lámen educadamente: na cultura oriental educado mesmo é fazer barulho ao saborear o macarrão, por dois motivos: isso mostra respeito ao chefe e ajuda a esfriar o macarrão para não queimar a boca.

4. Preparar o matcha com água fervente: água quente em excesso pode queimar as folhas e amargar a bebida. Outra recomendação é mexer bem o matcha para não ficar nenhum grumo.

5. Exagerar no shoyu: a sugestão é utilizar o necessário para dar sabor ao alimento. O wasabi, condimento típico da culinária japonesa, também não deve ser misturado com o molho de soja, pois condimentos fortes costumam mascarar os sabores delicados do sushi.

6. Comer sushi gelado: o arroz preparado na hora precisa estar macio e aquecido e o calor ajuda a acentuar o sabor do peixe.

7. Tomar sopa de missô com colher: por serem mais finas e servidas em recipientes menores, não há a necessidade de consumi-las com talheres.

8. Não sirva o próprio saquê: no Japão, é costume servir os outros primeiro, e eles, por sua vez, servem o seu. A bebida deve sempre ser servida fria.

Fonte: Primeira Página/Revista VIP